O Garoto que Tinha Asas 9


Olá queridos,

Quem gosta de romances nacionais e fofos? No blog já tivemos a resenha do primeiro livro desta série O garoto dos olhos azuis, e hoje vamos conhecer o segundo livro:

o_garoto_que_tinha_asasAutor: Raiza Varella

Editora: Independente

ISBN: 9989562784980

Ano: 2016

Páginas:  408

Contra – Capa: Depois do conto de fadas protagonizado por Bárbara e Ian em O Garoto dos Olhos Azuis chegou a hora de conhecermos a história de outro casal encantado. Augusto Bittencourt, vulgo Monstro, é um renomado médico, dono de uma carreira sólida e do hábito de dispensar uma mulher atrás da outra sem piedade. Nunca se apaixonou e não acredita que um dia irá encontrar uma mulher interessante o suficiente para mudar esse fato. Mas o destino parecia pensar diferente, em uma madrugada fria ele presencia um terrível acidente de carro e conhece a garota sem nome. Uma garota que há muito tempo não sabe o que é ter um lar, se sentir segura e não precisar fugir de ninguém até que, em meio aos destroços, ela vê alguém correr em sua direção, um garoto que ela poderia jurar ter asas. Embora Augusto esteja muito longe de se parecer com um anjo, ele acaba por salvar a sua vida. Pela primeira vez, o médico de pouco humor e muito caráter terá que enfrentar e ir contra todos os seus princípios para cumprir uma promessa que não deveria ter feito e de quebra, quem sabe, se apaixonar. Em O Garoto que tinha Asas vamos descobrir se o príncipe encantado realmente vem montado em um cavalo branco ou se sua cor é o que menos importa em meio a uma singela releitura de A Bela e a Fera

Resenha:

Neste livro vamos conhecer um pouco mais sobre Augusto, seu apelido: Monstro. Ele é um dos irmãos de Barbara, protagonista do primeiro livro. Não é necessário ler o primeiro livro para entender o segundo, mas recomendo seguir a ordem de leitura.

Vamos conhecer uma moça sem nome que esta fugindo de tudo. Ela vive baseada em regras para sobrevivência. Sobreviver e não confiar em ninguém. Isso até que ela sofre um grave acidente e Augusto esta por perto e vê tudo que acontece. Seu único desejo: salvar a criança que esta no banco de trás do carro.

Augusto é o típico moleque, vive sem rumo, cada dia com uma mulher diferente, às vezes prostitutas, as vezes mulheres fáceis, porém ele é médico, e ao presenciar um acidente de carro ele tenta ajudar a moça, e acaba com uma grande encrenca nas mãos. Uma desconhecida que esta sendo perseguida desacordada e uma criança assustada que não fala com ninguém.

No desespero e sem saber o que fazer Augusto leva a criança para a sua casa – Nicholas, e deixa aos cuidados de Barbara que acaba ficando muito irritada por ter que cancelar suas férias novamente.

Logo teremos o dia a dia dos nossos personagens tentando conhecer o menino e entender o que houve com a mulher e o menino.

Um livro fofo, cheio de mistérios, suspense, romance, e personagens fofos. Confesso que achei o livro anterior melhor, mas mesmo assim adorei este. Vemos Augusto amadurecer em cada página e adorei este convívio com o personagem.

Nicholas é uma criança muito fofa que faz muita diferença na trama. O romance demora a acontecer, mas é bem fofinho.

Quem gosta de um romance fofo vai adorar este livro.


sobre Vanessa Sueroz

Autora dos livros Confusões em Paris, Minha última chance, Odiado Admirador Secreto, Presente de Aniversário, Eu te amo mais e Três Botões.


Obrigada pela visita. Por favor, deixe um comentário com a sua opinião, isso é muto importante para nós.

9 thoughts on “O Garoto que Tinha Asas