O Clã dos Quatro Guerreiros 7


Olá queridos,

Este livro foi indicado em um blog que acompanho como um dos melhores nacionais desconhecidos e tive que conhecer. Vamos conhecer a série Enoua?

Autor: Diego Martins Ribeiro

Editora: Novo Século

ISBN: 9788542803266

Ano: 2014

Páginas: 392

Skoob

Contra – Capa: Quatro jovens com aparentemente muito pouco em comum seguem em um antigo carro vermelho-sangue por uma estrada deserta. Nada indica que qualquer tipo de perigo possa estar em seu caminho naquela pacata noite. No entanto, após se depararem com uma esfera de luz e sofrerem um estranho acidente, Gabriel, Henrique, Débora e Beatriz acordam em um lugar desconhecido, onde tudo parece possível. Em meio a personagens e paisagens surreais, como o monte de rochas flutuantes e a perigosa fera da Gruta Sombria, eles encontram pistas de como podem voltar para casa, e se assombram com as coincidências que envolvem sua chegada a Enoua, como se essa já fosse esperada por alguém misterioso.
Em uma incrível jornada que os fará conhecer mais sobre si próprios e aqueles que sempre estiveram a sua volta, eles irão descobrir que Enoua não é simplesmente um mundo distante, e que é preciso muito mais do que armas raras, amuletos cheios de segredos e armaduras indestrutíveis para se tornar um verdadeiro Guerreiro.

Resenha:

Neste livro iremos conhecer quatro amigos: Gabriel, Débora, Beatriz e seu irmão Henrique. Eles são amigos há muito tempo, mas com o tempo eles acabaram se afastando um pouco. O livro começa quando Gabriel acaba dando a carona para um vizinho Henrique e ele se reencontra com Beatriz e Débora. Os quatro estão no carro indo para o trabalho e Henrique quando uma bola de luz aparece e os engole.

Os jovens acordam em um lugar estranho, outro mundo, Enoua. Claro que eles ficam confusos e sem entender muito bem como as coisas funcionam, principalmente quando coisas malucas como objetos voados começam a surgir. E tudo que eles querem é voltar para casa, mas como? Eles não sabem nem como foram parar ali, muito menos como voltar.

“Estavam cansados, com seus corpos doloridos e suas mentes confusas, mas precisavam seguir em frente, mesmo sem fazer ideia de onde chegariam.”

Depois de muito andar eles encontram ajuda em uma pequena aldeia onde uma senhora que todos conhecem como Vovó lhes explica como funcionam as coisas e lhe dão treinamento de luta para sobreviver e conhecer as armas que eles ganharam quando chegaram.

“É como se estivéssemos seguindo um roteiro traçado, entende? Como se estivesse escrito que essas coisas tinham que acontecer com a gente Os quatro espíritos no Palácio, as quatro marcas das mãos nas portas do Castelo D’Alleine… São coincidências demais!”

Os personagens vão conhecendo tudo aos poucos junto com o leitor, o que torna a coisa bem misteriosa e enigmática. Por outro lado vemos no decorrer da história a evolução da cada personagem e o esforço deles para voltar para casa e para ajudar a todos que estão por perto.

Inimigos e seres estranhos logo aparecem e a coisa sai do controle deles quando tem que lutar para sobreviver.

Este primeiro livro da série é uma apresentação ao mundo de Enoua e aos personagens, então mesmo tendo muito vilões e conhecimentos, muita coisa fica meio vaga ou com pouco papel que deve se desenvolver no decorrer da história.

Confesso que só li o livro por que era uma indicação de autor nacional ‘anônimo’, a escrita não é impressionante, mas a história flui muito bem e acredito que tem muito potencial para evoluir bastante no decorrer da história. Este livro me lembrou muito meus livros da época que gostava de escrever fantasia rs.

Adorei o livro e a leitura é muito rápida e divertida. Cheia de aventuras e mistérios.

“Viva mais e analise menos. De que adianta viver tanto tempo e descobrir tantas coisas, se não consegue entender a importância das coisas simples?”


sobre Vanessa Sueroz

Autora dos livros Confusões em Paris, Minha última chance, Odiado Admirador Secreto, Presente de Aniversário, Eu te amo mais e Três Botões.


Obrigada pela visita. Por favor, deixe um comentário com a sua opinião, isso é muto importante para nós.

7 thoughts on “O Clã dos Quatro Guerreiros