@mor 7


Olá queridos leitores,

Hoje vou falar de um livro que esta na boca od pessoal, pricipalmente por seu nome diferente ‘@mor ‘ esta mexendo com todo mundo. Vamos conhecê-lo?

Autor: Daniel Glattauer

Edição: 1

Editora:Suma de Letras

ISBN: 9788581050669

Ano: 2012

Páginas: 184

Tradutor: Eduardo Simões

Contra – Capa: Num e-mail enviado por engano, começa um relacionamento virtual que testa as convicções de Leo Leike e Emmi Rothner. Leo Leike, ainda digerindo o fracasso de seu último relacionamento, responde de forma espirituosa a duas mensagens enviadas por engano por Emmi Rothner, casada. Inicialmente, ela só queria cancelar uma assinatura de revista. Depois, inclui Leo por engano entre os destinatários de um e-mail de boas festas. Na terceira troca de e-mails, o mal-entendido dá lugar à atração mútua, reforçada pelo fato de um nunca ter visto o outro. Nada como a curiosidade instigada por frases bem encadeadas chegando a intervalos regulares numa caixa postal eletrônica para que os dois se esqueçam dos possíveis impedimentos. A cada dia, Leo e Emmi se sentem mais impelidos a marcarem um encontro. Após trocas contínuas de mensagens, está claro para ambos que o marido dela e as feridas emocionais dele não serão obstáculos para que marquem um encontro. O único obstáculo real é a insegurança de ambos quanto à transformação da fantasia em realidade. A expectativa é uma faca de dois gumes e a realidade pode não estar à altura. A tradição dos romances epistolares, compostos exclusivamente de trocas de cartas, é antiga na literatura ocidental. O primeiro livro com estas características, o espanhol Prisão de amor, de Diego de San Pedro, data de 1485. No século 18, o gênero se tornou popular, com clássicos como Ligações perigosas, de Choderlos de Laclos, Clarissa, de Samuel Richardson, e O sofrimento do jovem Werther, de Johann Wolfgang von Goethe. O austríaco Daniel Glattauer dá nova vida à tradição epistolar em @mor, primeiro de dois romances que exploram um relacionamento sustentado basicamente em trocas de e-mails. Romance de estreia de Glattauer e campeão de vendas na Alemanha e na Espanha, o livro explora, sob roupagem moderna, sentimentos familiares a amantes de todas as gerações.

Resumo: Antes de começarmos a nos interessar pelo tema do livro temos que ter em mente que o livro é todo em formato de e-mails. Isso mesmo. Ele todo é em e-mails, então caso você não goste de livros assim aconselho não ler @mor. Caso você seja uma pessoa curiosa igual a mim vai com toda certeza querer ler rs.

O livro começa quando Emmi envia um e-mail para cancelar a revista Like, porém ela digita o e-mail errado e ao invés de mandar o e-mail para a revista ela manda para o Sr. Leike, Leo para os íntimos. Para a sorte de Emmi, Leo a avisa sobre o engano, porém meses depois Emmi volta a tentar cancelar a revista e envia novamente o e-mail para Leo. E para piorar as coisas Emmi acaba por incluir Leo em um e-mail coletivo de Boas festas de final de ano, o que não agradou Leo que replica o e-mail.

Depois desse pequeno evento os dois começam a se comunicar, a principio sobre coisas banais, principalmente sobre e-mails coletivos e a revista Like, mas depois a coisa vai ficando cada vez mais intensa e intima, começam a falar sobre eles e suas respectivas vidas, porém Emmi e Leo não tem nada em comum. Emmi é uma mulher casa, feliz e com dois filhos. Leo acabou de terminar um relacionamento e está bem arrasado.

“Escrever é como beijar, só que sem os lábios. Escrever é beijar com a cabeça.”

Acredito que o livro quis mostrar como o mundo digital esta substituindo o mundo real e físico. Os diálogos são bem legais, mas mostram como o casal está envolvido sem nunca nem ao menos ter se visto ou se falado por telefone ou pessoalmente.

O livro traz uma leitura bem rápida, por ser em formato de e-mail as páginas se perdem entre o assunto e assinaturas de e-mail e o livro flui rapidamente.

O final do livro é bem complicado por nos deixar bem revoltados e por indicar que irá ter uma continuação.

Recomendo a leitura para todos os fãs de um romance e todos que amam ficar passando e-mails por ai.


sobre Vanessa Sueroz

Autora dos livros Confusões em Paris, Minha última chance, Odiado Admirador Secreto, Presente de Aniversário, Eu te amo mais e Três Botões.


Obrigada pela visita. Por favor, deixe um comentário com a sua opinião, isso é muto importante para nós.

7 thoughts on “@mor