Menina-Mulher 3


Introdução:

Um rapaz fazendo uma pequena descrição da sua namorada. Texto em primeira pessoa.

Menina Mulher

Menina-Mulher

E lá esta ela vindo com o seu gingado gracioso, deixando suas curvas ainda mais perfeitas. Com alguns passos a frente consigo ver o a imensidão do céu petrificada naquele graciosos olhos tímidos e carinhosos.

Lá vem a minha menina! Eu vejo seus cabelos se misturando com a vermelhidão de sua face formando um manto negro e vermelho, só não digo que seu cabelo é liso, pois ele tem um leve cacho que toca delicadamente seus pequenos lábios carnudos.

Ao sentar-se ao meu lado eis que vejo a minha mulher com seus olhos azuis sedutores e misteriosos, com seu cabelo voando com a brisa do vento que bagunça os fios levemente trazendo seu delicioso e excitante aroma de encontro ao meu rosto.

Tentando não olhar para seus olhos vejo que o belo manto negro e vermelho já não esta mais presente e aquela face carinhosa e timida já esta maliciosa e sorridente. Aquele sorriso torto enloquecedor que me faz querer olhar para outro lugar para não precisar beija-la, não contendo a imensa vontade eu acaricio meus lábios com os dela e ao me afastar novamente vejo que a timidez e a malicia se misturam em seus olhos e percebo que ela já não é mais a minha menina e também não é mais a minha mulher. Ela traz a essencia das duas em seus olhos me fazendo enxergar que ela é a minha menina-mulher


sobre Vanessa Sueroz

Autora dos livros Confusões em Paris, Minha última chance, Odiado Admirador Secreto, Presente de Aniversário, Eu te amo mais e Três Botões.


Obrigada pela visita. Por favor, deixe um comentário com a sua opinião, isso é muto importante para nós.

3 thoughts on “Menina-Mulher