Hoje eu vou mudar 1


Introdução:

Poema escrito em 2004. Um pouco melancólico e que diz um pouco sobre as nossas escolhas.

Hoje eu vou mudar!
E para não ficar apenas nas promessas,
vou começar pelo mais fácil, vou mudar o caminho,
vou andar por novas ruas, ver novas caras,
quem sabe, começar uma nova amizade.

Pensando em pequenas mudanças,
vou abrir mão de pequenas coisas,
coisas que me incomodam e que faço automaticamente,
alias, vou prestar mais atenção nos meus atos,
vou ser um observador de mim mesmo.
Vou vigiar meus passos, e tentar cortar,
aqueles que me levam até a decepção.

Hoje eu vou mudar!
promessa antiga, que me faço sempre que quebro a cara,
mas hoje, hoje eu quero e preciso do novo,
ou quem sabe, resgatar antigos hábitos saudáveis,
como ser feliz com o que tenho,
valorizar as pessoas que gostam de mim como eu sou.
Valorizar a roupa que eu uso, a comida que eu como,
a família que eu tenho, o amor que me acompanha,
o estudo que eu conclui, a escola que eu freqüento,
o emprego que eu tenho…

São tantas coisas, e tão pouco tempo para ver,
pouco tempo para o que é bom e estável,
muito tempo para o que ainda não tenho,
muito tempo para lamentações e dores.
Chega!

Hoje eu vou mudar, por isso, começo o dia,
com uma prece sentida, agradecendo
pela oportunidade de ter mais uma chance,
de poder desejar e fazer mudanças,
para  fazer em mim, o ser que eu gostaria de ser,
e ser livre para dizer que amo a vida,
dizer para cada pessoa que eu conheço,
que elas são importantes para mim,
e abraçar cada um, como se fosse despedida,
sendo apenas mais um dia,
dia de mudar!


sobre Vanessa Sueroz

Autora dos livros Confusões em Paris, Minha última chance, Odiado Admirador Secreto, Presente de Aniversário, Eu te amo mais e Três Botões.


Obrigada pela visita. Por favor, deixe um comentário com a sua opinião, isso é muto importante para nós.

One thought on “Hoje eu vou mudar