Crepúsculo de Outono 18


Olá queridos,
Quem ai gosta de um bom livro espirita?

Crepusculo-de-outonoAutor: Antonio Demarchi

Editora: Petit editora

ISBN: 9788572532143

Ano: 2013

Páginas:  320

Contra – Capa:  A noite de tempestade esconde um vulto que invade a chácara do doutor Augusto. Em pânico – com a intenção de defender a família –, o médico atira na direção do perigo. Um trovão abafa o disparo que atinge o alvo e arranca uma vida. Angustiado, Augusto esconde o cadáver, mas ainda lhe resta atender o último pedido do desencarnado. E agora? Como conviver com a consciência atormentada por um crime? O médico não se recorda, mas – entre o Céu e a Terra –, é um prisioneiro dos erros do passado. Depois de um crepúsculo de outono, Augusto entenderá, finalmente, que o mal foi semeado na época da Revolução Francesa e, no invisível, o sangue derramado ainda clama por vingança…

Resumo:

Antes de tudo é necessário que todos que lerem a resenha e o livro venham sem preconceito, é um livro espirita então ele segue os caminhos espiritas. Para mim que sigo a religião o livro condiz com minhas crenças e ensinamentos, porém para alguns, algumas coisas podem ser bem ‘fantasiosas’.

O livro conta a história de Augusto um médico que se muda para o interior com sua família depois de sofrer um assalto em São Paulo.

“Não existe privilégio para quem quer que seja. Tudo são conquistas do espírito que, com seu esforço e vontade, progride sempre, ao mesmo tempo que em sua jornada aprende a estender as mãos aos menos afortunados e felizes. Aprende a conviver com seus inimigos do passado e a perdoar sempre.”

Em uma noite como outra qualquer que estava chovendo muito, Augusto vê um vulto porto da porta de sua casa, medroso e apavorado ele atira na porta sem pensar, porém para piorar as coisas ele acaba atingindo um vizinho bem humilde que veio até sua casa lhe pedir ajuda, por causa de seu filho doente. Augusto fica tomado pela culpa, mas mesmo assim prefere esconder o crime a correr riscos.

“Tenho sentido que a bondade do Pai não tem limites. Nem sei se mereço tudo que tenho recebido, mas tenho vontade de fazer alguma coisa em retribuição a tudo que recebi.”

A partir daí Augusto corre para tirar a culpa de cima de si e ajudar todas as pessoas que conseguir, sempre fiel a Deus e recorrendo as suas crenças para passar pelas dificuldades que surgem.

O livro é emocionante e cheio de sentimentos e crenças divinas, o livro tenta mostrar de todas as formas como Deus é divino e está sempre ao nosso lado.

O livro em determinado momento também aborda bastante o tema do abordo e de maneira e fazer a pessoa pensar muito no caso, em alguns pontos até a se comover com os cenários reais e sofridos dos personagens.

“Não importa qual seja a religião, importa o bem que se faz em nome de Deus e termos nosso coração com o Cristo a todo instante. Recordemos a máxima do Evangelho que nos orienta com profunda sabedoria: fora da caridade não há salvação, mesmo porque caridade não tem rótulo religioso.”


sobre Vanessa Sueroz

Autora dos livros Confusões em Paris, Minha última chance, Odiado Admirador Secreto, Presente de Aniversário, Eu te amo mais e Três Botões.


Obrigada pela visita. Por favor, deixe um comentário com a sua opinião, isso é muto importante para nós.

18 thoughts on “Crepúsculo de Outono