Cidade das Almas Perdidas 9


Olá queridos,
Quem está acompanhando a série Os Instrumentos Mortais? Já estamos na resenha do livro 5. Confira as outras resenhas da série:  Cidade dos Ossos,Cidade das CinzasCidade de Vidro, Cidade dos Anjos Caídos

Autor:  Cidade_das_Almas_PerdidasCassandra Clare

Editora: Galera Record

ISBN: 9788501403285

Ano: 2013

Páginas: 434

Tradutor: Rita Susseking

Contra – Capa:  Quando Jace e Clary voltam a se encontrar, Clary fica horrorizada ao descobrir que a magia do demônio Lilith ligou Jace ao perverso Sebastian, e que Jace tornou-se um servo do mal. A Clave decide destruir Sebastian, mas não há nenhuma maneira de matar um sem destruir o outro. Mas Clary e seus amigos irão tentar mesmo assim. Ela está disposta a fazer qualquer coisa para salvar Jace, mas ela pode ainda confiar nele? Ou ele está realmente perdido?

Resenha:

E vamos para mais um livro da série Instrumentos mortais, desta vez vamos falar do quinto livro, que começa onde o último parou, com Jace sumido e Clary desesperada.

Neste livro a autora continua mantando o foco em vários personagens e Simon, por exemplo, ganha um destaque legal no livro. Jace está desaparecido e a Clave inteira está com buscas para acha-lo, mas parece que ele e Sebastian desaparecem do ar. Depois de algum tempo buscando a Clave desiste de encontra-los e diminui as buscas, o que deixa Clary furiosa e ela mesma quer ir atrás do namorado.

Em um certo momento Clary se depara com Jace e começa a suspeitar que ele está diferente. AO contrário do que todos pensam ele não está sequestrado, ele foi de livre e espontânea vontade com Sebastian, agora eles são um só. Clary quer salvar Jace de qualquer maneira e para isso fará de tudo, inclusive fugir para ficar com ele até que encontre uma maneira de ferir Sebastian sem matar Jace no processo.

Magnus e Alec com seu relacionamento aparecem um pouco mais neste livro, e acabamos descobrindo conflito internos de cada um deles e até mesmo ações inconsequentes que realizam em nome do amor.

O livro é legal, mas claramente foi um livro de transição e enrolação. Basicamente a história não sai do lugar. Clary tentando salvar Jace, Jace sendo um Sebastian distorcido, Sebastian tentando ser Valentin e fica nisso por um longo tempo. As informações demoram para vir, mas as histórias paralelas de outros personagens ajudam o livro a seguir em frente.

Quando o livro já está para terminar realmente temos uma reviravolta e as coisas começam a esquentar, batalhas, mistérios não resolvidos e Jace. O romance de Jace e Clary não ficou muito legal neste livro, ela só diz o quanto é perfeito e não o merece e ele está como Sebastian, sem se importar com a segurança de Clary. Quando os dois finalmente vão ser um casal e eu digo ‘Agora vai’ eles voltam ao ponto de início e recomeça a lenga lenga.

Sinceramente mantenho o que pensava antes, que a história deveria ter terminado no terceiro livro, agora nos resta esperar e ver se a autora realmente tem uma história legal para esta segunda trilogia.

Não me entendam mal, o livro é legal e li em poucas horas, mas não é bem o que eu esperava. Não tem muita ação e a história não anda muito, mas recomendo para todos que estão acompanhando a série.


sobre Vanessa Sueroz

Autora dos livros Confusões em Paris, Minha última chance, Odiado Admirador Secreto, Presente de Aniversário, Eu te amo mais e Três Botões.


Obrigada pela visita. Por favor, deixe um comentário com a sua opinião, isso é muto importante para nós.

9 thoughts on “Cidade das Almas Perdidas