Caracterização de Personagens 16


Quando criamos um personagem temos sempre uma idéia geral do seu papel do livro, mas sua personalidade e o entendimento que o leitor irá ter de as ações são dadas pela caracterização.

Definição:

“Descrição pormenorizada dos traços distintivos de personagens que integram a ação de uma peça literária de caráter narrativo ou dramático. A caracterização não se confunde com a mera identificação de uma dada personagem na história narrada, embora possa contribuir para tal. A caracterização age sobretudo para determinar o perfil físico ou psicológico das personagens enquanto partes vivas de uma história. Há, contudo, casos de exceção em que a identificação de uma personagem através da primeira informação que dela nos dá o autor, invariavelmente o nome próprio, pode ser desde logo decisiva para a sua caracterização.”

Pela descrição encontrada no dicionário a caracterização dos personagens parece um pouco mais complexa do que realmente é, vamos entender esta definição:

escritor

Explicação:

Quando você começa a história seus personagens estão ali só para servirem a um único propósito, seja ela a união de um casal, a guerra, a morte de alguém, qualquer objetivo que a sua história tenha, essas personagens saem rasos, sem vida e estereotipados. A caracterização dos personagens e a histórias são coisas independentes. A única relação entre elas é o objetivo dos personagens. E o objetivo, ou seja, o que o personagem quer, é o que acaba por caracterizar o personagem, a principio.

Pelo objetivo dos personagens é que conseguimos entender suas atitudes durante a história. Em Harry Potter, seu objetivo é derrotar Voldmort. Em O Império Contra-Ataca (guerra nas estrelas) o objetivo de Darth Vader é destruir  Luke Skywalker. Já em Crepúsculo o objetivo de James é sugar o sangue de Isabela e é assim para todos os personagens seja eles primários ou secundários.

Há também uma outra maneira de caracterizar um personagem, uma maneira um tanto superficial, mas que para alguns personagens não tão importantes é suficiente. Linguagem, vícios, modo de se vestir, condições físicas, etc, são formas de caracterizar um personagem.

Cuidado para não confundir caracterização com características. Dizer que um personagem é alto ou baixo, gordo ou magro não diz coisa alguma ao seu respeito, mas tudo se justifica se o personagem tem uma atitude em relação ao seu atributo, por exemplo, Poliana tem sardas, o que a faz se sentir feia, influenciando em sua personalidade.

Ação é comportamento dos personagens, o que tem que acontecer é que a caracterização do personagem tem que justificar seus atos, fazer com que o leitor não fique se perguntando por que o personagem fez isso ou aquilo. É muito mais eficaz caracterizar um personagem com ações e objetivos do que com simples características físicas e/ou psicológicas. Lembrando-se que é muito válido unir ambos os casos.

Caracterização direta ou Indireta:

O autor sempre pode caracterizar seu personagem tanto diretamente como indiretamente, quando dizemos que fulano é alto, magro, inteligente e simpático estamos fazendo uma caracterização direta, onde o leitor não terá nenhum problema e não passará despercebida aquelas características, aquilo já esta pré-definido, com um fácil entendimento, o personagem é assim o ponto final! Vemos isso bem definido no Primeiro capitulo da fanfic Eu monitor chefe? Não! Dizemos que a caracterização do personagem é indireta se os traços estiverem espalhados por toda a obra, obrigando o leitor a deduzir os atributos das personagens a partir das suas ações, do discurso dos seus interlocutores, das simulações inscritas no texto, dos gestos e trejeitos singulares, das idéias defendidas, etc, pode-se usar como exemplo a fanfic Os botões do Potter ou na narrativa Menina-Mulher. No drama, este processo de caracterização indireta é naturalmente mais relevante, porque é deixado ao olhar e ao ouvido do espectador a definição do caráter das personagens que estão no palco.

Autocaracterização e Heterocaracterização

Chama-se autocaracterização ao processo de descrição realizado pela própria personagem, que se apresenta segundo o seu ponto de vista único, como no discurso autobiográfico ou em primeira pessoa quando o personagem se descreve, podemos ver esse tipo de caracterização no começo da fanfic O melhor presente de aniversário ou na começo do livro O diário de uma agente; se a caracterização direta se realizar por qualquer outro modo (pelo narrador ou por outra personagem), chama-se heterocaracterização. Novamente podemos encontrar esse tipo de caracterização no Primeiro capitulo da fanfic Eu monitor chefe? Não! quando o narrador-primeira pessoa descreve os demais personagens.

Personagens Individuo:

São personagens com características marcantes, onde o torna único. Um exemplo é a Capitu em Dom Casmuro – Machado de Assis.

Personagens Caricaturais:

São os personagens que deixamos em evidencia as características ou algumas delas, sejam psicológicas ou físicas, geralmente para deixar cômico ou fazer alguma sátira. Por exemplo, em Harry Potter, Severo Snape é destacado por seu nariz grande e cabelos sedosos, onde vários personagens criam uma sátira ou redor disso.

Personagens Típicas ou de tipos:

São aqueles personagens onde conseguimos saber suas características através da profissão, ou classe social, coisas que sempre têm em estereótipo que será adotado. Pode- se notar bem este tipo de caracterização nos personagens de Auto da barca do inferno de Gil Vicente, onde ele sempre usa os estereótipos.

Qualquer dúvida deixem nos comentários que assim que possível eu respondo.

Menu

Consultoria para novos autores


sobre Vanessa Sueroz

Autora dos livros Confusões em Paris, Minha última chance, Odiado Admirador Secreto, Presente de Aniversário, Eu te amo mais e Três Botões.


Obrigada pela visita. Por favor, deixe um comentário com a sua opinião, isso é muto importante para nós.

16 thoughts on “Caracterização de Personagens

  • PALOMA MAIA

    Oi eu quero saber se a pessoa estiver escrevendo o livro em primeira pessoa como ele se descreve e se apresenta afinal ela é um personagem um exemplo eu poderia colocar:
    eu sou a rubi com cabelos loiros,olhos mel ,confesso que minha vida nunca foi fácil … quando fui ao mercado encontrei um moço que me atendeu eu fiz as seguintes perguntas:
    -bom dia .gostaria de saber quanto deu minha compra.
    -Bom dia . deu exatamente R$53,00….

    [Responder]

    Vanessa Sueroz Reply:

    De modo geral o personagem em primeira pessoa se apresenta, mas cabe a você decidir como, você pode colocar suas características aos poucos na história, pode simplesmente falar de você, vai depender do publico alvo do livro e forma de abordar o assunto.

    [Responder]

  • tais

    Em um concurso que a materia seria compreensao e interpretaçao,se pedisse pra identificar e caracterizar os personagens como eu teria q fazer ?

    [Responder]

    Vanessa Sueroz Reply:

    Desculpe, mas não entendi muito bem a pergunta. Não tem um exemplo? Pelo que entendi seria um texto sobre compreensao e interpretaçao, o que vai depender do contexto e de como o texto é escrevito para poder identificar os personagens, se o texto fala da interpretação como um assunto central provavelmente podemos tratá-la como um personage personificado e adotar todas as caracteristicas como se fosse um personagem normal.

    [Responder]

  • Diego

    Lendo o seu post, eu fiquei pensando:

    – A caracterização de personagens para os gêneros de comédia e drama seriam diferentes?

    [Responder]

    Vanessa Sueroz Reply:

    Desculpe se pareceu alguma coisa diferente, mas todos os personagens independente do gênero literário tem as mesma características, mas em determinados gêneros é mais comum algumas características do que outra.

    [Responder]

  • Rejane

    Ate agora eu estava me encontrando, mais agora as duvidas voltaram, se você puder simplificar mais sua explicação, tipo eu estou escrevendo algumas coisas, e um dois meus personagens é um cara que se mostra durão e ate grosso as vezes mais não é o que ele é de veradade, então em que tipo de personagem ele se encaixa ?

    [Responder]

    Vanessa Sueroz Reply:

    Oi Rejane, fico feliz que tenha perguntado… Então… Na maioria das vezes a caracterização é a simples menção do personagem. No caso que você colocou podemos ver ele como um Personagem Individuo (mas só se ele fizer um grande feito que marque ele na sua história). Pelo pouco que você falou o personagem nunca iria ser Típico, pois ele não traz características típicas que alguma coisa, como por que exemplo, dizem que todo brasileiro é preguiçoso, então isso seria um personagem típico, não poderíamos caracteriza-lo como caricatural, pois não tem nenhuma coisa em evidência e exagerada na sua aparência física, mas só pelo que você falou não tem como saber se ele é heterocaracterizado ou não, já que isso é definido por como achamos as informações do personagem ao longo do texto.

    Acho que já deu para você ter uma base mais ou menos do tipo de personagem, mas procura no post de Tipos de personagens que algumas coisas vão ficar mais claras. Qqer coisa pode perguntar novamente.

    Bjos

    [Responder]