Até que enfim você é minha – Cap 16 1


Anteriormente:

– Não precisa. Estou tento uma bela visão aqui! – disse Sirius maliciosamente e levando um tapa no braço, que sua namorada dera.

– Todos para fora! – expulsou Tiago fechando a porta e ficando com a ruiva.

– E você também! – disse a menina abrindo a porta e o colocando para fora.

– Tem certeza que não quer ajuda para tirar a toalha, Lily? – perguntou ele antes dela fechar a porta na sua cara.

– Acho que isso foi um não, Pontas! – respondeu Remo rindo.

Cap 16 – Último dia na mansão

E depois de alguns minutos, todos já estavam na cozinha comendo.

– Só de pensar que vamos voltar para a escola hoje já fico desanimado… – reclamou Sirius.

– Só de pensar nos NIEM’s eu já fico desanimado. – disse Remo.

– Nem me fale… Já estou ficando doida de tanto estudar… – disse Lílian.

– Nem vem você com essa mania de estudar, hen Lily! – protestou Kely.

– Parem de falar em escola… Amanhã eu tenho curso de auror e nem treinei nenhuma azaração… – reclamou Mariana.

– Vamos parar com esse assunto chato e aproveitar nosso último dia de folga… –disse Tiago animando os outros.

– E o que vamos fazer hoje? – perguntou Peter.

– Podemos fazer um duelo… Sobre conhecimentos mágicos… – sugeriu Remo.

– Adorei a idéia! – disseram Lílian e Mariana.

– Eu sou péssima nessas coisas.. – reclamou Alice.

– Eu gostei da idéia… Assim estudamos e nos divertimos ao mesmo tempo… – disse Kely.

– Assino em baixo. – disseram Sirius e Peter.

– E vocês? Tiago… Frank? – perguntou Mariana.

– Isso vai ser muito fácil… – disse Tiago confiante.

– Se todos vão jogar… Então também jogo. – disse Frank rindo. – Só tem um problema… Estamos em um numero ímpar… Como vamos nos dividir?

– Por trios, é lógico. – disse Remo. – Perfeito! Vamos ter teoria e prática… – disse ele se levantando.

– Ótimo. E quais serão os times? – perguntou Lílian.

– Divisão por magia de nome? – sugeriu Sirius.

– Claro que não… Vocês trapacearam da última vez… – disse Lílian.

– Então vamos escolher três capitães… – sugeriu Frank.

– Lílian, Remo e Mariana! – disse Kely rapidamente. – Eles são os que mais estudam… Então não podem ficar no mesmo time.

– Concordo! – disseram os demais.

– Quem começa escolhendo? – perguntou Mariana.

– Primeiro as damas… – respondeu Remo. – Lily? Mariana?

– Par! – disse Mariana.

– Ímpar… – disse Lílian antes de jogar.

– Ganhei! – disse Mariana. – Fico com o meu priminho inteligente.

– Então fico com o Sirius… – disse Lílian.

– Kely! – disse Remo.

– Alice. – disse Mariana.

– Frank. – disse Lílian.

– Como sempre sobrou o Peter… – brincou Tiago.

– Peter fica conosco. – disse Remo.

Uma meia hora depois eles já estavam nos jardins separados pelos times.

– Primeiro perguntas teóricas… Depois os ganhadores escolhem alguém do time para duelar, com alguém do outro… – disse Remo.

– Perfeito! Um time faz uma pergunta e quem responder certo primeiro, ganha. – disse Lílian.

– E como vamos fazer para saber de quem é a vez de falar? – perguntou Mariana.

– Podemos fazer tipo uma corrida… Quem chegar primeiro no lugar que combinarmos tem o direito a resposta… – Sugeriu Tiago.

– Ótimo! Que time começa? – perguntou Sirius.

– Vamos tirara na sorte. –disse Frank.

Mariana, Tiago e Alice estavam na direita.
Remo, Peter e Kely estavam no meio, de costas para o portão.
Lílian, Frank e Sirius estavam na esquerda.
Marcaram o ponto de referencia o chafariz. Quem chegasse primeiro lá ganhava o direito de responder.

– Precisamos de um novo nome para cada time… Assim fica mais legal… – disse Kely.

– Certo… – concordaram os outros pensativos.

Depois de uns cinco minutos os grupos já tinham escolhidos os nomes.

– Vamos ser “Cerveja Amanteigada” – disse Peter.

– Nós seremos os “Aurores” – disse Tiago.

– Convencidos… – disse Lilia rindo.

– E nós seremos “Fênix” – disse Sirius.

– Perfeito! – disse Tiago marcando a neve com o nome dos grupos… Ali ficará o placar… Mágico, é claro… – disse mostrando o placar de quadribol ao lado.

– E quem começa? – perguntou Mariana.

– Capitães! – chamou Sirius. – Vamos tirara no sorteio!

A manhã do grupo se passou rapidamente. O grupo “Aurores” estava na frente com 360 pontos, logo atrás vinha “Fênix” com seus 350 pontos e um pouco mais atrás estavam “Cerveja Amanteigada” com 300 pontos.

– Agora a última pergunta dessa rodada… – disse Mariana misteriosamente.

– Que tal fazermos essa pergunta valer uns cinqüenta pontos? Assim tem chances de todos ganharem ainda… – sugeriu Lílian.

– Por mim tudo bem,, meu lírio. – disse Tiago. – E então…?

– Pode ser. – murmuraram os outros.

– Não pode não… Ficamos na desvantagem, Tiago… – disse Mariana. – Não vamos marcar pontos nessa rodada.

– De qualquer jeito, já ganhamos, Mari. – disse Alice. – Se a “Fênix” responder certo ficamos em segundo lugar e vamos para o duelo… Se “Cerveja amanteigada” responder certo ficamos em primeiro e os outros dois empatam, tendo assim um duelo entre eles e o vencer duela conosco.

– Perfeito! – disse Tiago. – Adoro duelos…

– Façam logo a pergunta e parem de enrolar… – disse Frank impaciente.

– E valendo 50 pontos… – começou Tiago fazendo suspense.

-… Qual o nome do feitiço imperdoável… – começou Mariana.

-… Que mata a pessoa sem chances de se defender? E qual a cor do feitiço? – perguntou Alice.

Lílian olhou estranhamente para Remo antes dos dois saírem correndo em direção ao chafariz.

– Rápido, Lily. – incentivava Sirius.

– Corre ,Remo! – gritou Peter animadamente.

Mas quem chegou primeiro foi Lílian que ficou comemorando!

– Ae!!! – gritou Sirius e Frank.

– Que droga! – se lamentaram Peter e Kely.

– Calma… Se a ruivinha errar vocês ainda podem ganhar… – disse Tiago.

– Espere sentado, Potter! – disse ela desafiadora. – O feitiço é Avada Kedavra, e é verde!

– Ela acertou! – disse Mariana.

– Que droga! – reclamou Remo. – Parabéns, Lily. – disse abraçando a amiga.

– Dá para parabenizar sem tocar nela, Aluado? – pergunto Tiago abraçando a namorada.

– Ciumento… – disse Remo se afastando.

– Parabéns, meu lírio! – disse ele entregando um lírio branco para a menina.

– Obrigada! – agradeceu beijando-o.

– Vejo que já está feliz, aberração… Acabou de matar seus pais e já está rindo como se nada tivesse acontecido! – disse Petúnia amargamente se aproximando da irmã que não sorria mais, enquanto todos pegaram as varinhas e já as apontava para a menina. – Acham que essas madeiras vão me assustar? – perguntou Petúnia rindo. – A assassina aqui é ela! Matem essa aberração! – gritou Petúnia descontrolada.

– Ela não matou ninguém! – disse Tiago irritado.

– Agora o namoradinho vai defendê-la… Patético! – disse Petúnia.

– Pensei que gostasse do Tiago… – disse Mariana.

– Não gosto… Só o acho muito gostoso… Mas ele é assim como ela… Se duvidar até ajudou a matar minha mãe… – começou Petúnia.

– Cala a boca! – gritou Sirius nervoso. – Não vai ofender meus amigos! Silencium – gritou fazendo a menina perder a voz. – Não ouse falar nada para os meus amigos.

– E não queremos ver a sua cara tão cedo! – disse Kely vendo Lílian encostada no ombro de Tiago começando a chorar novamente.

– Olha o que você fez… – começou Alice.

– Sabe quanto tempo demoramos para animar nossa amiga? – perguntou Frank também irritado.

– A diferença entre vocês é que ela tem amigos de verdade, que a apóiam… Enquanto você não tem nada… É uma invejosa! – disse Mariana. – Sai daqui ou não respondo por mim.

Mas nessa hora, os Potter aparataram bem no meio da briga, do lado de Petúnia e ficaram com todas as varinhas conseqüentemente apontadas para eles.

– O que está acontecendo aqui? – perguntou James parecendo aborrecido vendo todos com as varinhas apontadas para Petúnia enquanto Lílian chorava no ombro de Tiago que estava tentando consolá-la.

– Petúnia estava acusando Lílian da morte dos pais dela. – disse Kely ainda irritada.

– Quem enfeitiçou a menina? – perguntou Sara antes de desfazer o feitiço silenciador de Petúnia.

– Eu odeio todos vocês! Suas aberrações! – gritou Petúnia para todos e se virando para a irmã completou – E você… Não apareça na minha casa… Não quero que coloque os pés na casa dos meus pais… Você é uma assassina! Sua… – mas James a interrompeu.

– Por que está dizendo que Lílian é uma assassina? – perguntou ele olhando de Lílian e Tiago para Petúnia.

– Porque ela é uma bruxa… Idiota como todos vocês… Se ela não fosse bruxa não teria matado meus pais… Se ela não tivesse ido para aquela escola nada disso teria acontecido… Ela não deveria ter mandado um bruxo matar meus pais! – gritou Petúnia.

– Mas a culpa não foi dela… – começou Sara.

– Não fale comigo… Você é outra aberração, imprestável… Para estar defendendo ela… Você deve ter ajudado a matar minha mãe… Você estava lá! – começou Petúnia aos berros.

– Já chega! Não vai insultar mais ninguém nessa casa! – disse Tiago pegando a varinha, mas antes de lançar um feitiço James o desarmou.

– Chega de discussões por hoje. Tiago, de uma poção calmante para Lílian, e guarde a varinha. E quanto a você… – disse se virando para Petúnia. – Não vou deixar você insultar ninguém na minha casa, muito menos minha família e amigos… Sei que falou tudo isso por que está nervosa, mas acalme-se, ninguém tem culpa de nada. Quer uma poção calmante…? – perguntou.

– Não quero nada que tenha bruxos no meio! Não quero vê-los, falar com vocês, ler cartas de vocês… Não quero nada que diga respeito a vocês… Vou me casar com Valter e me manter o mais longe possível de aberrações! Eu ODEIO TODOS VOCÊS! – gritou a menina se dirigindo para dentro de casa.

Todos ficaram em silêncio, agora só se ouvia Lílian chorando.

– Suba com ela, Tiago… – disse Sara cansada e ficou observando Tiago ajudar Lílian a entrar em casa. – E vocês… – se virou para os outros. – Espero que tenham paciência com a amiga de vocês… E que tentem distraí-la. – completou.

– E mantenham-na longe da irmã por algum tempo… – disse James.

– Tudo bem com vocês? – perguntou Sirius vendo curativos no rosto de James.

– Estamos bem. Só vamos ter cicatrizes novas… – brincou James.

– Tiago estava preocupado. – disse Mariana.

– Ele não deveria… – respondeu Sara rindo. – Vamos, crianças… Vamos entrar… Logo Tiago e Lílian descem.

– Afinal o que vocês estavam fazendo antes da briga? – perguntou James vendo o placar.

– Jogando. Agora vamos fazer um duelo para ver quem ganha. – explicou Alice.

– E como era o jogo? Podemos ser os juízes do duelo. – respondeu James empolgado.

– Era de perguntas e resposta… – comeu Frank explicando o jogo.

**

Tiago levou a namorada para seu quarto, a deixou na cama e pegou um pouco de poção.

– Beba tudo, Lily! – pediu

Depois de mais algum tempo, Lílian já tinha se acalmado e parado de chorar:

– Você fica muito feia chorando, sabia? – perguntou Tiago.

– Feia?! – perguntou ela inconformada.

– Feia sim… Só gosto de você sorrindo! – disse ele rindo.

– Então vamos ter que terminar agora mesmo… – respondeu ela rindo.

– Você não resiste ao meu charme…. – disse convencido.

– Claro que resisto!

– Claro que não… E você vai admitir – disse ele fazendo cócegas nela.

– Pára, Ti! – pediu entre os risos!

– Só quando dizer que eu sou perfeito e que você não resiste a mim.

– Nunca! – respondeu ela ainda rindo.

– Então vai morrer de tanto rir! – disse ele ainda fazendo cócegas.

Depois de uns dois minutos Lílian desistiu.

– Me rendo! – falou ainda rindo.

– Então fala que não resiste ao meu charme… – disse ele ainda fazendo cócegas.

– Eu não resisto a seu charme… – disse entre os risos.

– E diz também que eu sou um namorado perfeito…

– Você é um namorado perfeito… – repetiu ela rindo.

– E diz também que me ama… – disse ele ainda fazendo cócegas.

– Te amo, Ti! – respondeu rindo enquanto ele parava de fazer cócegas nela.

– Eu sei que sou irresistível! – falou todo convencido antes de beijá-la.

– Atrapalho? – perguntou Sirius sorrindo na porta.

– Atrapalha… Eu estava sendo elogiado… – brincou Tiago.

– O que fez com a minha amiga? Ela nunca te elogiaria de livre e espontânea vontade! – disse Sirius fingindo estar preocupado.

– Ele me fez cócegas, Sirius! Você tem que me defender… – disse ela correndo para trás de Sirius rindo.

– Não se preocupe… Eu Sirius e magnífico vou salvá-la desse vilão feio! – disse Sirius imitando os heróis da TV trouxa.

Os três riram abertamente da palhaçada do amigo.

– Afinal… O que veio fazer aqui? – perguntou Tiago quando parou de rir.

– Avisar que o almoço está pronto. – respondeu ele.

– Ótimo… Estou com fome… Ficar rindo dá tanta fome. – disse Lílian.

O almoço passou tranqüilamente com todos conversando e Tiago e Sirius fazendo palhaçada para Lílian rir.

– Agora subam e arrumem as coisas. Depois disso vamos fazer a final do jogo de vocês! James e eu vamos ficar de juízes. – disse Sara.

– E quem vai duelar? – perguntou Remo.

– Um de cada time vencedor… – disse Frank.

– Então escolhemos o Tiago! – disseram Mariana e Alice.

– E nós… O Sirius… Vai ser muito legal ver dois Marotos brigando… – disse Lílian.

– Vou dedicar a minha vitória para o meu lírio! – disse Tiago se levantando.

– Eu quero que o Sirius ganhe, Tiago! – disse a menina rindo.

– Sirius não tem chance contra mim… – respondeu ele passando as mãos pelos cabelos.

– Vamos ver então, Tiaguinho. – disse Sirius rindo.

Todos arrumaram as malas rapidamente, estavam muito ansiosos para ver o duelo. James montou um pequeno tablado de uns 3 x 15 metros.

– Que comece o duelo… E nada de magias avançadas! – disse James se divertindo.

– Como Sirius tinha mais pontos ele começa atacando. – disse Sara.

Expelliarmus! – gritou Sirius.
Protego! – gritou Tiago. – vai ter que fazer melhor que isso.

**
– E depois de quase meia hora de duelo temos um vencedor! – Disse James.

– Muito difícil… Os dois duelaram muito bem. – disse Sara – Meus filhos são perfeitos!

– Não são não! – disse Kely rindo.

– E o vencedor é Tiago! – disse James.

– Falei que eu ganhava! – disse ele.

– Por muito pouco… – disse Sirius se levantando e indo abraçar a namorada. – Foi mal, Lily…

– Não se preocupe, Sirius… – respondeu a menina um pouco triste.

– Está triste porque seu namorado perfeito ganhou? – perguntou Tiago a abraçando por trás.

– Estou triste porque você nunca vai esquecer que ganhou.. – disse a ruiva rindo.

– Eu sei que você me ama, Lily… Não precisa ficar falando para todos… – brincou ele.

– É… Acabamos a nossa folga com estilo. – disse Frank.

– Concordo plenamente… – disse Mariana.

– Mas infelizmente precisamos ir… – disse Alice.

– Todos para a sala. Vocês vão de pó de flu! – disse James.

**
– Não se preocupe. Deixaremos sua irmã em casa mais tarde… – disse James abraçando Lílian.

– Tente por um pouco de juízo na cabeça do Tiago. Pelo menos você ele escuta… – disse Sara abraçando Lílian.

– E comportem-se – disseram os dois.

– Não se preocupem… Não vou fazer nada! – disse Tiago inocentemente.

– Te conhecemos muito bem… – disse James.

– Eu cuido dele! – disse Sirius.

– Aí sim é que ele não anda na linha… – brincou Sara. – Comportem-se! Ouviram… Sirius? Tiago?

– Ouvimos, mãe! – responderam os dois.

– Qualquer coisa, mandem uma coruja meninas! – disse Mariana.

– Pode deixar! – disseram elas.

– Vou sentir saudades, Mari. – disse Frank.

– Cuide bem da minha amiga… Mato você se acontecer alguma coisa.

– Pode deixar! – respondeu Frank.

– Remo… Fique de olho em Tiago e Sirius… – pediu James.

– Não se preocupem… Ninguém ousa não obedecer a Lily quando ela está com raiva… – brincou Remo.

– Perfeito! – disse Sara. – Vai ser uma ótima esposa…

– Coitado de você, Tiago… Arrumou uma ruiva igual a sua mãe! – disse James fazendo os outros rirem.

– Eu sobrevivo, pai! – respondeu Tiago.

– E que tem isso de mais em mandar em um Potter? – perguntaram as duas ruivas parecendo zangadas.

– Eu te amo, meu amor… – disseram os dois abraçando suas amadas.

– Agora é amor… – disseram as duas revirando os olhos.

– Esse casamento vai ser muito engraçado. – disse Peter rindo.

Cap Anterior

Próximo Cap


sobre Vanessa Sueroz

Autora dos livros Confusões em Paris, Minha última chance, Odiado Admirador Secreto, Presente de Aniversário, Eu te amo mais e Três Botões.


Obrigada pela visita. Por favor, deixe um comentário com a sua opinião, isso é muto importante para nós.

One thought on “Até que enfim você é minha – Cap 16

  • Wateru

    Que despedida linda! :paris:
    Fora a Petúnia, né? :hades:

    HAHA, ela que não sabe que vai hospedar o sobrinho bruxo por anos 😳

    Realmente, não tinha pensado nessa tal “herança” que os Potter sempre escolhem ruivas :think:

    Isso é legal :aah:

    E a Lily é perfeita pro Tiago :fato:

    [Responder]