As flores do Mal 7


Olá queridos,

Vamos para mais uma resenha. Hoje vou falar um pouco do livro “As flores dos mal” da minha querida editora parceira Martin Claret.

Autor: Charles Baudelaire

Edição: 1

Editora: Martin Claret

ISBN:  8572324054

Ano: 2002

Páginas: 191

Contra – Capa: O poeta crítico francês Baudelaire inventou uma nova estratégia da linguagem, incorporando a matéria da realidade grotesca à linguagem sublimada do romantismo, criando, dessa maneira, a poesia moderna. Sua obra-prima é o livro As Flores do Mal, cujos poemas mais antigos datam de 1841. Além de celeuma judicial, o livro despertou hostilidades na imprensa e foi julgado, na época, imoral.

Resumo: As Flores do Mal, livro publicado em 1857 pelo poeta Charles Baudelaire, é considerado um marco na produção literária do fim do século XIX. Com suas Flores do Mal, o poeta inventa uma linguagem na qual a realidade grotesca interage com a linguagem sublimada do Romantismo (Auerbach).

Para se entender melhor a poesia de Baudelaire, é preciso entender o a época em que o poeta escreve, em Paris. Paris, apresentava os contrastes entre o velho e o novo, resquícios do passado e apontamentos da modernidade.

A produção poética de Baudelaire manifesta este contraste entre a modernidade e os valores da interioridade. Esse conflito gera, como traço caracterizador de sua poesia, elementos como a degradação, a provocação e a beleza.

Para que gosta de poesias o livro é realmente espetacular, cheio de altos de baixos.

Fiquem ligados que vai ter promoção do livro aqui no blog entre essa semana e a próxima.


sobre Vanessa Sueroz

Autora dos livros Confusões em Paris, Minha última chance, Odiado Admirador Secreto, Presente de Aniversário, Eu te amo mais e Três Botões.


Obrigada pela visita. Por favor, deixe um comentário com a sua opinião, isso é muto importante para nós.

7 thoughts on “As flores do Mal