A garota do Ônibus 11


Olá queridos,

Quem aí já andou de ônibus e achou uma aventura?

A_GAROTA_DO_ONIBUSAutor: Dayana Araújo

Editora: Sollo Editorial

ISBN: 9788567529011

Ano: 2014

Páginas: 214

Contra – Capa: Não pense que vai encontrar, aqui, uma menina muito educada e refinada. Elisa é totalmente diferente disso. Fala o que quer e quando quer, mas no fundo é uma boa moça. Recém formada no segundo grau com sonhos e vontades como qualquer outra. A única diferença na sua história é como ela vê o mundo, do seu ponto de vista e da sua classe social. Quando consegue seu primeiro emprego de manicure e maquiadora, num salão, ela se depara com uma coisa inusitada: ao pegar o ônibus, ela percebe que todo mundo se conhece e que sabem os horários uns dos outros, como se fossem uma grande família. Elisa acaba conquistando a simpatia de todos e entrando . Com o passar do tempo, aquela louca família começa a ser parte da sua própria história e dos outros passageiros.

Resenha:

Neste livro iremos conhecer Elisa, uma menina humilde que mesmo morando em um lugar complicado ela não se deixa levar, quer estudar e trabalhar para ajudar em casa. Ela é decidida e corajosa, não tem frescuras, mas em compensação afora fazer um barraco, tudo é motivo para uma boa briga.

Elias arruma um emprego e pela primeira vez na vida tem que pegar ônibus para andar na cidade. No ônibus ela conhece todos os tipos de pessoas, desde as chatas que sempre temos no transporte público – as que falam alto, arrumam briga, reclamam de tudo – e as legais, que querem fazer uma amizade e tornar a viagem para o trabalho o menos pior possível.

A história se dedica mais a vida de Elilsa dentro do ônibus, dos amigos que faz, das pessoas que conhece e das pessoas que ela pensava que poderia confiar, mas confesso que achei o livro meio irreal, afinal, nunca vi um ônibus tão animado ou a galera que pega transporte junto marcar churrasco ou praia, piorou festinhas dentro do ônibus rs.

Elisa é eleita a Miss Busão e mostra que pegar transporte público não é um conto de fadas, mas que também não precisa ser um sofrimento diário. Para animar ainda mais a história a autor coloca letras de músicas de pagode – o que definitivamente não é meu estilo.

Li o livro por indicação e por ser nacional, achei a história legal, mas o livro não me prendeu. O livro flui e é divertido, mas Elisa me irritou muito com tantos barracos e paixonites por quem ela nem conhece.

Um livro divertido para ler em pouco tempo.


sobre Vanessa Sueroz

Autora dos livros Confusões em Paris, Minha última chance, Odiado Admirador Secreto, Presente de Aniversário, Eu te amo mais e Três Botões.


Obrigada pela visita. Por favor, deixe um comentário com a sua opinião, isso é muto importante para nós.

11 thoughts on “A garota do Ônibus