A hospedeira 1


A Hospedeira é um livro cheio de mistérios, aventuras e romance.

Capa:

 

Autor: Stephenie Meyer

Edição: 1

Editora: Intrínseca

ISBN: 9788598078595

Ano: 2009

Páginas: 557

Tradutor: Renato Aguiar

Contra capa:

Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos “selvagens” que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a “alma” invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido.
Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.

Resumo: O começo do livro é bem confuso e pode ter feito muitas pessoas desistirem dele, mas vale a pena terminar.

Peg é uma alma que se hospeda em corpos, já viajou por vários planetas e veio parar na Terra, tendo como hospedeira Meg, ambas lutam para manter a consciência e acabam dividindo o corpo, Peg comanda, mas Meg assiste a tudo a todo tempo.

O livro começa a ficar bom quando Peg e Meg entram em um conflito. Peg começa a amar e sentir tudo que Meg sentia, amor, amizade, família…

O livro traz um intrigante triângulo amoroso, alias bem diferente do que estamos acostumados, além disso, Peg ainda trás as dificuldades de seguir seu coração e trair sua espécie ou entregar Meg para outra hospedeira.  O livro além de ficção traz o valor da amizade, amor, fidelidade, família, raiva, odeio, inveja… Tudo que um humano pode sentir.

A autora subiu no meu conceito depois da Hospedeira.


sobre Vanessa Sueroz

Autora dos livros Confusões em Paris, Minha última chance, Odiado Admirador Secreto, Presente de Aniversário, Eu te amo mais e Três Botões.


Obrigada pela visita. Por favor, deixe um comentário com a sua opinião, isso é muto importante para nós.

One thought on “A hospedeira