A filha do pastor das árvores 9


Olá queridos,
Hoje vim com um livro bem diferente. Quem ai já conhece o livro ‘A filha do Pastor das Árvores’?

Autor: Gillian Summers

Edição: 1

Editora: Bertrand Brasil

ISBN: 8528615367

Ano: 2011

Páginas:  280

Tradutor: Flávia Carneiro Anderson

Contra – Capa: Com a morte da mãe, Keelie Heartwood, uma jovem de apenas quinze anos, é forçada a deixar sua adorada Califórnia para viver com o pai nômade no Festival da Renascença de Montanha Alta, no Colorado. Lá, coisas estranhas começam a acontecer — estranhas mas familiares. Keelie percebe que algumas pessoas do festival têm orelhas pontudas, incluindo o cavaleiro mais bonito do lugar, Lorde Sean do Bosque. Quando ela começa a ver seres estranhos e a se comunicar com árvores, descobre que existe um segredo a seu respeito e percebe que seu pai lhe deve explicações.

“A Filha do Pastor das Árvores” é um romance mágico e instigante que prende o leitor do começo ao fim. Após a leitura, viver na floresta em meio a um Festival da Renascença será uma ideia muito atraente. Um livro a ser devorado, independentemente da idade.

Após ser elogiado pela crítica e sucesso de vendas, além de receber excelentes avaliações nas principais livrarias do mundo, chega ao Brasil A filha do pastor das árvores, primeiro volume da série O povo das árvores, de Gillian Summers.

Resumo: O livro conta a história de Keelie uma menina que acabou de perder a mãe e é obrigada a se mudar de cidade e ir morar com seu pai. Tudo não seria tão complicado se seu pai fosse uma pessoa normal, mas ele tinha que escolher morar em um festival da renascença e viver mudando de lugar para acompanhar a feira. Agora além de perder a mãe, Keelie irá perder as amigas e sua antiga vida, mas irá ganhar muita coisa com a convivência com seu pai, ela só não sabe disso ainda.

“- Keelie, você nunca perderá sua mãe – ressaltou Sir Davey. – Ela pode ter deixado esta existência, mas vive em você. Estará com você cada dia de sua vida. Quanto a acreditar em magia, fadas e gatos de botas e ver rostos em árvores, você precisa aceitar que essas coisas fazem parte do seu mundo, sendo aspectos dos quais não tinha conhecimento antes.”

Mas Keelie tem um plano de fuga, irá fugir o mais rápido possível desse lugar maluco e ir morar com uma amiga. Keelie fica irritadíssima quando o aeroporto perto suas malas, ela tem que usar roupas da feira de renascença e vive caindo pelos cantos e se sujando, e além de tudo tem aquele gato que o pai diz que é um animal de estimação, mas é seu pior pesadelo. Onde já se viu um gato fazer xixi em suas roupas intimas?

Não passa muito tempo para Keelie perceber que as coisas não são realmente como parecem, sua fobia por árvores está pior, e coisas estranhas acontecem a todo momento, Keelie descobre que nem ela mesma é o que parece.

O livro é bem leve e cheio de fantasias e mistérios. A parte de romance do livro é bem fraquinha, Keelie tem uma queda por um personagem logo no começo, mas sinceramente ele é muito sem graça. Espero mais em relação a parte romântica que realmente começa no final do livro nos próximos volumes da série.

O gato Knot é uma graça, um pestinha que eu detestaria ter em casa, mas adorei ele perturbando a pobre garota. Keelie muitas vezes é bem chata e mimada, mas deixei de lado já que ela acabou de perder a mãe. Apesar do livro dizer muito sobre preservação das árvores, em momento nenhum vi uma crítica a sociedade atual, não sei se gostei ou não disso rsrs

O livro é bom e recomendo, leria o resto da série J


sobre Vanessa Sueroz

Autora dos livros Confusões em Paris, Minha última chance, Odiado Admirador Secreto, Presente de Aniversário, Eu te amo mais e Três Botões.


Obrigada pela visita. Por favor, deixe um comentário com a sua opinião, isso é muto importante para nós.

9 thoughts on “A filha do pastor das árvores