Na companhia das estrelas 11


Olá queridos,
Quem ai gosta de ficção?

Na_companhia_das_estrelasAutor: Sarra Manning

Editora: Novo Conceito

ISBN: 9788581632346

Ano: 2013

Páginas:  408

Tradutor: Rosana Watson Martins Pereira

Contra – Capa: Em um mundo devastado pela doença, Hig conseguiu escapar à gripe que matou todo mundo que ele conhecia. Sua esposa e seus amigos estão mortos, e ele sobrevive no hangar de um pequeno aeroporto abandonado com seu cachorro, Jasper, e um único vizinho, que odeia a humanidade, ou o que restou dela.

Mas Hig não perde as esperanças. Enquanto sobrevoa a cidade em um avião dos anos 1950, ele sonha com a vida que poderia ter vivido não fosse pela fatalidade que dizimou todos que amava. Hig é um guerreiro sonhador. E tem uma imensa vontade de gente, apesar da desilusão que se abateu sobre ele. Por isso é capaz de arriscar todo seu futuro quando, um dia, o rádio de seu avião capta uma mensagem…

Resenha:

Neste livro conhecemos Hig um homem solitário que tenta sobreviver em um mundo onde um vírus (que evoluiu da gripe) matou todos, hoje ele só tem a si mesmo e ao seu cachorro Jasper.

Hig hoje vive em um avião que batizou de Fera, onde passa praticamente todos os seus dias. Para a sorte ou azar de Hig ele também tem Bangley um velho bem mal caráter. Os dias são longos e sem nenhuma novidade, todos tentando manter a vida e a sanidade.

Jarper com o tempo passa a ser um cão bem esperto e começa a se arriscar por aí, o que acaba causando inúmeras brigas entre Hig e Bangley, o trio acaba sobrevivendo contra as gangues que se formam e a doença que acabou com o mundo, o que ajuda Hig a não pensar tanto em sua esposa já falecida, mas as coisas não vão muito bem e Hig decide viver algum tempo sozinho e parte com a promessa que logo estará de volta.

Hig ai atrás de uma transmissão que conseguiu rapidamente enquanto dava umas voltas e sua vontade de conhecer mais humanos e ter contato com eles é maior que sua missão de sobrevivência.

O livro trata basicamente do mundo e do cotidiano de Hig pós apocalipse, por causa disso ele não me atraiu o suficiente, mas para quem gosta de ficção é um prato e tanto. A parte legal para mim foi Jasper, o cachorrinho é muito cativante, leal e chega até a ter um perfil humanitário.

Infelizmente não consigo dar muitos detalhes da jornada de Hig para não soltar muitos sploilers, mas o livro é bem diferente do que temos costume de encontrar por ai.

“É algo parecido com o riso. Como pode uma flor ser tão pequena, tão efêmera e um floco de neve ser tão grande, tão persistente? A simplicidades improvável. Suspirei. Por que não existe uma palavra pra expressar o sentimento entre o riso e o choro?”


sobre Vanessa Sueroz

Autora dos livros Confusões em Paris, Minha última chance, Odiado Admirador Secreto, Presente de Aniversário, Eu te amo mais e Três Botões.


Obrigada pela visita. Por favor, deixe um comentário com a sua opinião, isso é muto importante para nós.

11 thoughts on “Na companhia das estrelas