Garotas de Vidro 9


Olá queridos,
Hoje vou falar de um livro bem polêmico e diferente do que estamos acostumados. Quem ai já leu alguma coisa sobre bulemia? Já conhecem ‘Garotas de Vidro’?
Autor: Laurie Halse Anderson
Edição:1
Editora:Novo Conceito

ISBN: 9788581630113

Ano: 2012

Páginas: 272

Contra – Capa: Lia está doente e sua obsessão pela magreza a deixa cada vez mais confusa entre a realidade e a mentira. Mas ela perde totalmente o controle quando recebe a notícia de que sua melhor amiga, Cassie, morreu sozinha em um quarto de motel. E o pior: Cassie ligou 33 vezes antes de morrer. Trinta e três vezes.O que começou como uma aposta entre duas amigas para ver quem ficaria mias magra tornou-se o maior pesadelo de duas adolescentes reféns de seus próprios corpos.Ao negar seu problema, Lia impõe a si mesma um regime cruel em que contar calorias não é o bastante. Ao omitir seu desespero, apela ao autoflagelo numa tentativa premeditada de aliviar seus tormentos. Seus pais e sua madastra tentam ajudá-la a qualquer custo, mas nem mesmo sua doce irmã, Emma, consegue fazer com que Lia pare de se destruir.

Resumo: O livro conta a história de Lia e Cassie, onde ambas são viciadas no seu próprio peso e fazem de tudo para serem as garotas mais magras da escola. O livro traz um tema bem conhecido, mas de um ponto de vista diferente, o livro fala sobre bulemia, porém o ponto de vista de Lia que esta doente e não admite.

 “Estou entrelaçando os fios de seda da minha  história, tecendo o tecido do meu mundo. A pequena duende dançarina virou uma  boneca de madeira cujas cordinhas eram controladas por pessoas que não estavam  prestando atenção. Eu girei até ficar sem controle. Comer era difícil. Respirar  era difícil. Viver era mais difícil.”

Anorexia é um transtorno alimentar causado por limitação de ingestão de alimentos, mas para Lia não é bem isso. Lia vê a magreza como um sonho, um objetivo de vida, seu maior medo é ganhar peso e faz de tudo para que isso não aconteça, porém não é fácil se manter magra afinal ninguém a entende. Seus pais não querem saber dos seus sentimentos e não levam sua opnião a sério, sua madrasta toda semana pesa Lia para saber sobre seu peso e sempre acha que ela anda comendo pouco, e para piorar sua melhor amiga Cassie morreu e vem assombrando Lia em todos os lugares.

E como se tudo isso não bastasse sua mãe quer interna-la novamente em uma clinica, prende-la e jogar a chave fora.

Nesse livro a autora tenta nos mostrar que a luta de um anorexo vai além do física, o lado psicológico é ainda mais afetado e muitas vezes a própria pessoa não enxerga que esta doente e não quer ser ajudada. Lia chega a colocar moedas no bolso para fingir que esta com um pouco mais de peso para que sua familia não a interne, mas faz isso porque acha que não é compreendida.

Contar as calorias das comidas é algo automático que ela não sabe viver sem. Quando come a única coisa que pensa é em quantos quilos pode estar ganhando com isso.

Não gosto muito de livros assim, mas oo livro traz um lado da doença que seria bom que todos conhececem.

Recomendo a leitura.


sobre Vanessa Sueroz

Autora dos livros Confusões em Paris, Minha última chance, Odiado Admirador Secreto, Presente de Aniversário, Eu te amo mais e Três Botões.


Obrigada pela visita. Por favor, deixe um comentário com a sua opinião, isso é muto importante para nós.

9 thoughts on “Garotas de Vidro