Eu sou o número quatro 14


Olá queridos,

Hoje vou falar um pouco sobre esse livro bem estiloso e aventureiro. “Eu sou o número quatro” já tem filme e promete arrasar na continuação “O poder dos seis”.

Autor: Pittacus Lore

Edição: 1

Editora: Intrinseca

ISBN: 9788580570137

Ano: 2011

Páginas: 350

Tradutor: Débora Isidoro

Contra – Capa: Nove bebês aliens estão se escondendo entre os seres humanos, eles fugiram de seu planeta natal, Lorien, para se esconder na Terra. Uma espécie invasora, os Mogadorians, destruíram seu planeta, e seguiram eles a Terra para caçá-los. Cada um dos nove aliens é dado a um tutor para desenvolver seus poderes sobre-humanos enquanto se tornam adultos e lhes são atribuídos números. Estas últimas crianças de Lorien só pode ser mortas na sequência de seus números.

Resenha: Livro muito bom para quem gosta de uma boa aventura com uma pitada de romance. Eu sou o número quatro conta a história de um alien, não se assustem. A história é muito legal. Bem vindos à guerra entre os Lorien e Mogadorians, e a guerra será aqui na Terra!

Lorien é um planeta desenvolvido que há milhares de anos sofreu o mesmo que a Terra com poluição e destruição. Seus habitantes tomaram consciência e conseguiram salvar seu planeta da destruição, porém seus “amigos” de um planeta próximo Mogadorians, começam a passar pelo mesmo problema no país e para o azar de todos eles ao invés de salvarem o planeta destroem o que restou, com isso acabam invadindo Lorien em busca de recursos para sobrevivem. Em meio à guerra, nove bebês de Lorien são enviados para a Terra junto com seus guardiões como a última esperança de pegar Lorien de volta para seu povo e repovoar o planeta, já que os Mogadorians destruíram tudo e todos. O objetivo de envia-los a Terra é que eles cresçam e desenvolvam seus Legados (poderes) para que possam combater os Mogadorians.

Ao enviar as crianças para a Terra o povo de Lorien lançou um feitiço nas crianças para tentar protege-las. Os Mogadorians só poderiam as matar em uma determinada sequencia. Das nove crianças três morreram e Jonh é o número quatro, ou seja, todos estão atrás dele para mata-lo.

Em meio a correria mudando sempre de cidade John e Henri (seu guardião) se veem em uma nova cidade onde tentam recomeçar a vida, Jonh faz amigos e inimigos logo no seu primeiro dia e não quer sair da cidade tão cedo.

Como sobreviver a essa guerra e ainda viver um romance? Henri prioriza a segurança dos dois e John está disposto a arriscar tudo pelo amor.

Adorei o livro!! Muito bem escrito e aventura do começo ao fim! As batalhas são muito bem descritas e os personagens são bem construídos. Vale a pena ler.

E para dar uma forcinha logo terá promoção do livro aqui no blog, então não percam!!


Obrigada pela visita. Por favor, deixe um comentário com a sua opinião, isso é muto importante para nós.

14 thoughts on “Eu sou o número quatro