2083 10


Olá queridos,

Quem quer um mundo sem livros?

2083Autor: Vicente Munoz Puelles

Editora: Biruta

ISBN: 9788578480431

Ano: 2012

Páginas: 140

Tradutor: América Marinho, Sandra Nunes

Contra – Capa: O fim dos livros de papel e tinta está próximo. Restarão poucos exemplares: as antiguidades valiosas ou as relíquias de família. Verdade? Ilusão? Fantasia? Imagine-se agora em 2083 e surpreenda-se: o livro eletrônico também não existe mais.O que restou das histórias e dos autores que admiramos? Desapareceram sem deixar vestígios? Não! Seria impossível destruir os textos que nos emocionaram, que nos fizeram viver melhor e nos tornaram mais humanos. Não se desespere, todos sobreviveram e você poderá conhecê-los bem de perto, numa viagem de turismo… no modo amplificador de inteligência. Embarque na Bibliotravel.

Resenha:

Neste livro iremos conhecer o ano de 2083, onde os livros não existem mais, caíram tanto em desuso que hoje é uma coisa rara e encontrada somente em escavações, para ler um livro somente indo a uma biblioteca virtual, mas ao mesmo tempo, ler um livro nunca foi tão fácil.

Calma, não achem que o ebook é o culpado da história, mas sim as pessoas, elas simplesmente foram parando de ler e cansaram dos livros, o que convenhamos, já esta começando a acontecer. Olhe quantas pessoas apreciavam os livros há cem anos e hoje.

Iremos conhecer David, um jovem de 16 anos que mora com Pa e tem um cão robô Nove. Pa e David nunca mais conversaram depois da morte de Ma, que deixou um buraco na vida deles, até que o telesensosr dar uma noticia bombástica: “Membros do Serviço Arqueológico – anunciou – encontraram, no interior de uma escavação, um depósito de livros de papel, em excelente estado de conservação.”

David ficou muito curioso para conhecer os tais livros que nunca chegou a ver um, Pa acaba contando que seu bisavô era um escritor e adorava livros, e guardou um em um baú a vácuo, David aproveitou um dia que Pa não estava para abrir o baú e ver o livro, mas o mesmo se desfez em suas mãos, mas mesmo com este problema, David não tinha desistido de conhecer um livro e vai até a Bibliotravel, agência de turismo, onde ele pode vivenciar um livro.

Neste ponto David se vê encantado em mergulhar no mundo dos livros e suas histórias.

A diagramação do livro é ótima, e as páginas são bem grossas e de ótima qualidade, mas confesso que esperava mais do livro, achei a ideia fantástica, mas acho que por ser um público mais juvenil não foi tão desenvolvida como poderia ter sido.


sobre Vanessa Sueroz

Autora dos livros Confusões em Paris, Minha última chance, Odiado Admirador Secreto, Presente de Aniversário, Eu te amo mais e Três Botões.


Obrigada pela visita. Por favor, deixe um comentário com a sua opinião, isso é muto importante para nós.

10 thoughts on “2083